Segunda Semana Cultural Acessível inicia atividades com debate sobre a Lei Brasileira de Inclusão

random_levyboy_09-09-2016

Em 2015, o governo federal institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (LBI) com o objetivo de assegurar e promover os direitos e as liberdades fundamentais da pessoa com deficiência. Passado um ano de sua vigência, o Espaço Xisto Bahia recebeu na tarde de ontem (19/09) a palestra A LBI e os Direitos das Pessoas com deficiência à cultura acessível promovida pelo assessor especial da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Apio Vinagre, que fez um balanço do primeiro ano de sua aplicação, traçando de forma crítica os avanços e estagnações decorridos após sua vigência.

“Na direção contrária, sempre há pessoas que trabalham para a não efetivação destes direitos”, explica Vinagre ao traçar que a aprovação da LBI não representa o cenário ideal para efetivação das políticas públicas para acessibilidade. Ele indica que o Brasil é citado no exterior como o país que tem a melhor legislação, entretanto “o grande problema não é a falta de legislação, é a falta de sua efetivação”, diz.

Para o superintendente da SJDHDS Alexandre Baroni, espera que todas as pessoas com deficiência possam trabalhar mutuamente para conquistar seus direitos. “A gente está vivendo uma situação real que ou nos damos as mãos, ou nunca iremos fazer nada”, reivindica Baroni.

Escolher lutar e viver lutando foi a escolha de vida que a coordenadora do Espaço Xisto Bahia e cadeirante, Ninfa Cunha, decidiu tomar. “Eu escolhi viver e lutar por aquilo que eu acredito, além disso eu gosto muito de ocupar todos os espaços”, relata Ninfa sobre a necessidade das pessoas com deficiência ocuparem cargos públicos e privados.

II Semana Cultural Acessível – Setembro é o mês da acessibilidade, pois é quando se comemoram os dias nacionais do Teatro Acessível (19/9), de Luta da Pessoa com Deficiência (21/9) e dos Surdos (26/9). Para celebrar as datas e refletir a atuação das políticas públicas diante das questões de democratização do acesso a pessoas com deficiência, o Governo da Bahia, por meio da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), juntamente com o grupo Perspectivas em Movimento, promove a segunda edição da Semana Cultural Acessível, entre os dias 19 e 25 de setembro. Neste ano, o evento ocupa seu lugar original – Espaço Xisto Bahia, em Salvador – e se expande para outros espaços culturais e bibliotecas públicas da Bahia, chegando também a Lauro de Freitas, Santo Amaro e Mutuípe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s