O Xisto

Imagem1

O Espaço Xisto Bahia foi inaugurado em 20 de março de 1988,  no subsolo do prédio da Biblioteca dos Barris, funcionando provisoriamente até entrar em reforma em 1998. O Xisto possui uma sala de espetáculo com capacidade para até 200 espectadores, galeria, foyer, sala de reuniões, duas salas para ensaios e um acervo de textos e imagens históricas do teatro da Bahia. A caixa cênica é munida de equipamento de som, luz e projeção em quantidade suficiente para atender confortavelmente a diversas produções.

Atualmente, além de atender às produções independentes no circuito comercial, o espaço desenvolve ações de dinamização, fomento e acessibilidade aos bens culturais, através de programas da SECULT-BA (Secretaria de Cultura do Estado da Bahia) e FUNCEB (Fundação Cultural do Estado da Bahia), sempre em parceria com instituições e artistas baianos.

O espaço integra o grupo dos 17 Espaços Culturais gerenciados pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC/Secult/BA),  oferecendo ao público e à população espetáculos variados a preços populares.  Caracteriza-se também por ser um espaço de fácil acesso, por sua proximidade com a Lapa – principal terminal rodoviário de Salvador. Juntamente com a DIMAS e da Biblicoteca Pública do Estado da Bahia, o Xisto compõe o Complexo Cultural dos Barris, um complexo multicultural à serviço da comunidade.

O Xisto funciona diariamente, com ensaios e atividades formativas regulares acontecendo nas salas de ensaio de domingo a domingo. O acervo funciona mediante agendamento de visita, e oferece aos baianos um material histórico único ligado ao teatro e à dança de nosso estado. Na galeria, artistas visuais de diferentes linhas de trabalho podem expor seus trabalhos de forma gratuita e aberta à visitação. Já o palco principal, coração deste espaço, acolhe produções de teatro, dança, música e multilinguagens para todas as idades, com sessões regulares de terça a domingo.

O Xisto é um centro cultural pensado para acolher a todos, com uma programação diversificada e valores acessíveis aos mais variados perfis de frequentadores. Afinal este é um espaço público, mantido por e para todos os cidadãos baianos.

Acompanhe nossa programação e seja bem vind@!

Imagem2

Espaço Xisto0049

Espaço Xisto0040

Espaço Xisto0065

Imagem3

Imagem4

2 comentários sobre “O Xisto

  1. Inicialmente, gostaria de elogiar e agradecer pela programação infantil do Xisto, uma das poucas opções no estado em que existe uma criteriosa avaliação do conteúdo dos eventos a serem oferecidos, priorizando, a cultura local. Considero, ainda, um dos espaços democráticos onde crianças de diversos bairros e classes sociais se encontram, além do palco do teatro aproximar ainda mais as crianças do espetáculo. Outra questão de inclusão se refere a presença de intérprete de libras, no último fim de semana me deparei com uma mãe que foi exclusivamente em virtude desta situação e fiquei feliz pela oportunidade, me senti numa sociedade um pouco mais justa.
    Fiquei chocada com a informação de que o Festival Xistinho, tradicionalmente realizado no mês de outubro em virtude do dia das crianças, inexistirá este ano em decorrência da ausência de verbas, por isto quero demonstrar minha indignação. Neste pais em que atualmente as pessoas vivem violência e corrupção, seja pelos meios de comunicação, seja no cotidiano diuturnamente. É imprescindível “pulmões” como Xisto para que as crianças tenham outras referências e perspectivas.
    Na condição de cidadã exijo que sejam tomadas as providências na manutenção do espaço e, especialmente, deste evento específico.
    Lara Veiga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s