Coordenação de Música da FUNCEB divulga 5ª chamada do Mapa Musical

img-site.png

Ampliando o seu alcance, agora o projeto permite a inscrição de todos os profissionais da cadeia musical

A Coordenação de Música da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA), torna pública a 5ª chamada do projeto Mapa Musical da Bahia. Com um layout mais intuitivo, a plataforma estará com inscrições abertas até 23 de julho que podem ser feitas pela internet, através do site www.mapamusicaldabahia.com.br, ou pelos Correios, mediante envio de formulário disponível no site. Neste mesmo período acontece também o recadastramento dos inscritos, indicados ou não, no Mapa Musical de 2012, 2013 e 2014. Desde a 4ª chamada o recadastramento dos artistas inscritos nas edições anteriores se faz obrigatório para a atualização do banco de dados. Em sua nova versão, foram também incorporadas ao Mapa as obras musicais selecionadas dos inscritos na 3ª chamada de 2014. As obras cadastradas em 2015 na 4ª chamada encontram-se em processo de curadoria.

 webflyer mapa musical 2016.png

Mapa Musical da Bahia

O projeto é uma iniciativa da Coordenação de Música da FUNCEB e visa identificar, valorizar e promover a diversidade da música em todo o Estado da Bahia, reconhecendo a produção autoral dos músicos e profissionais que atuam nos seus 27 Territórios de Identidade. Desde a sua criação, em 2012, o Mapa Musical tem por objetivo mapear e manter um diálogo aberto e constante entre a sociedade civil e o Estado, permitindo a elaboração de estratégias de ação em resposta às demandas apresentadas.

Ampliação do projeto

Nesta 5ª chamada, para tornar mais eficaz este mapeamento, a Coordenação de Música expandiu o projeto visando abraçar, além dos músicos, todos os agentes da cadeia musical do Estado da Bahia, como: regentes, músicos de Filarmônica, intérpretes, produtores, diretores artísticos, musicais, DJs, Luthier, professores de música, Roadie, Iluminadores, técnicos de som, de estúdio, engenheiros de som, profissionais de comunicação, estudantes, arte-educadores, musicoterapeutas, cenógrafos e desenvolvedores de sites Musicais.

Para se cadastrar, os músicos devem apresentar informações sobre sua carreira, podendo também anexar até três obras de sua autoria e/ou obras de domínio público com arranjo musical autoral. O procedimento para outros profissionais é similar: basta preencher as informações com seu histórico profissional e currículo e, caso queira, anexar arquivo PDF de até 5mb com release ou peça promocional. Para o recadastramento um novo formulário de preenchimento foi desenvolvido para otimizar a leitura dos indicadores informados e orientar melhor a criação de diretrizes de apoio. Os inscritos podem ter acesso ao seu cadastro através do mesmo e-mail e senha. O regulamento e o formulário estão disponíveis em:http://inscricao.mapamusicaldabahia.com.br/mapamusical/inicial.aspx.

Encontros de Domingo Edição PETIZ: Veja como foi

IMG_9567.JPG

Na manhã do último domingo o Espaço Xisto foi palco para uma edição mais que especial do seu tradicional projeto Encontro de Domingo. O evento que foi incorporado ao PETIZ- Festival da Infância e Juventude que recebeu a bailarina Andréa Jabor, do Rio de Janeiro  com o espetáculo  A Rainha e o Lugar: experiências extraordinárias para a primeira Infância”, ou como a gente gosta de falar, para os pixucuxucos.”Apresentar esse trabalho aqui foi mais que especial. Pude contar com a presença de Lydia Hortélio assistindo, que me inspirou muito na carreira e foi uma das motivações de eu criar esse projeto. Declarou a bailarina.

Além da convidada, a edição contou com café da manhã exibição de filmes no foyer,Oficina de Sensibilização Poética para crianças com Vanina Cruz, teatro lambe-lambe com a artista Naara Nako que apresentou pela primeira vez no Xisto e declarou que tem intenção de voltar na 5ª edição do Festival Xistinho em outubro. 

O festival continua até o dia 5 de junho aqui no Xisto e no Espaço Cultural Alagados, localizado no Bairro do Uruguai.

 

 

Começou o PETIZ no Xisto

IMG_9455

A semana mais feliz da criançada começou  aqui no Xisto. Na tarde desse sábado(28) Deco Simões e Karina de Faria apresentaram o show “Canta pijama cantarola camisola” na abertura do  PETIZ- Festival da Infância e Juventude. Com show animado e colorido os interpretes fizeram a alegria de crianças e adultos.

“O festival ta sensacional e essa ação é muito importante. O público infantil é muito carente de programação no sentido de formação cultural em Salvador e precisa desse tipo de Espetáculo. To adorando”. Declarou a mamãe Fernanda Fontes, que se divertiu na ciranda de roda.

IMG_9481

O PETIZ continua até o dia 05 de junho  com intensa programação aqui no Xisto. Neste domingo (29) o festival se integra ao Encontros de Domingo, tradicional evento do espaço com oficinas de poesia e dança para o público infantil, além de café da manhã, sessão de cinema e teatro de sombras. Confira a programação completa em festivalpetiz.com.br

Encontros de domingo do Xisto promove edição especial PETIZ

[FLYER]-Encontros-de-Domingo_Maio.jpg

Oficina de poesia, Teatro de Sombras, Dança e brincadeiras  esperam a criançada no início do Festival de Arte para Infância e Juventude

O Espaço Xisto Bahia, localizado no bairro dos Barris recebe no próximo domingo (29) o PETIZ- Festival de Arte para Infância e Juventude. O projeto que ocupará o Xisto durante a última semana de maio e começo de junho abre o cronograma de atividades no tradicional Encontros de Domingo, evento realizado pelo espaço desde 2012. As entradas custam R$16(inteira) e R$8 (meia).

A programação começa com o café da manhã às 9h no foyer do espaço. Às 10h acontecerá a Oficina de Sensibilização Poética para crianças com Vanina Cruz. O público alvo são as crianças de 6 a 12 anos. As oficinas não param por aí: também às 10h o Xisto recebe a Oficina-espetáculo de dança: A Rainha e o Lugar – “experiências extraordinárias para a primeira Infância”. O trabalho é Direcionado para a primeira infância (2 anos até 7 anos) que junto aos pais (ou parentes) vão assistir e interagir livremente com a cenas da coreógrafa Andréa Jabor.

Espetaculo-A-Rainha-e-o-Lugar

Foto: Divulgação

Após essa atividade é a vez do cinema assumir o palco do Xisto com o curta metragem  Sonhos,  que narra a história de um menino que vive buscando motivos pra fugira da escola e Balu, a trama de um cachorro vira-lata.

Durante toda a edição, a artista Naara Nako estará com um lambe-lambe (antigo equipamento de fotografia apresentando o Teatro de Sombras Arpe, de .  A peça conta a história  de uma mulher que sofre uma metamorfose e se funde com a figura de um pássaro.

Encontros de Domingo- Edição Especial Festival PETIZ
Quando:
29 de maio às 9h
Onde: Espaço Xisto Bahia- Rua General Labatut 27- Barris
Quanto: R$16 (inteira) e R$8(meia)