NOTA DE PESAR – Sérgio Souto

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) registra seu imenso pesar pela morte do maestro, compositor, arranjador e educador Sergio Souto, falecido na madrugada desta segunda-feira, 1º de setembro de 2014. O velório será realizado na Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA), até as 15h30, de onde partirá para o sepultamento no cemitério Campo Santo, a ocorrer às 16h30.

 

Natural do Rio de Janeiro, Sergio, aos 21 anos, trocou a Arquitetura pela Composição e Regência e mudou-se de sua cidade de origem para Salvador, onde graduou-se pela UFBA e permaneceu definitivamente. Na década de 1970, participou da criação de dois grupos pioneiros da música instrumental na Bahia: a Banda do Companheiro Mágico e o Sexteto do Beco. Também fundou a Academia Música Atual (AMA). Como educador, viveu o processo de reforma curricular iniciado em 2001 na Escola de Dança da UFBA, bem como no curso de graduação em Música Popular implementado em 2009 na Escola de Música da UFBA. Em 2007, passou a exercer as funções de coordenador, regente e diretor musical do grupo Vozes Reveladas, chancelado pela UFBA enquanto projeto de Extensão. Em 2010, fundou, a partir de oficinas de mobilização cultural realizada na cidade de Tremedal, o Coral SerTão Brasileiro, que reúne participantes das cidades de Tremedal e Piripá, região do semiárido da Bahia. Contribuiu ainda, como arranjador, na realização de álbuns de diversos artistas.

 

Sergio deixa viúva a querida colega Beth Rangel, diretora da Escola de Dança e do Centro de Formação em Artes da Fundação Cultural do Estado da Bahia. Os seus parceiros de trabalho a acolhem neste momento de dor, com reconhecimento e carinho. Que também haja conforto aos filhos, Daniel, André e Diogo, aos familiares, aos amigos, parceiros e alunos.

O Xisto no Fim de Semana: Papos Poéticos e Barrinho!

Vai fazer o quê neste fim de semana?

Saraus Poéticos neste domingo!

sarau34

24/08 – “Exercícios de Ser Criança”, do poeta brasileiro de maior sucesso editorial do país, Manoel de Barros.

Os saraus do Papos Poéticos Para a Infância e Juventude apresentam a vida e obra de importantes poetas brasileiros por meio de saraus que envolvam outras formas artísticas, tais como a música, as artes cênicas (teatro, dança e circo) vídeo e música, aproximando este público da poesia.

Na última apresentação, um sarau com poemas de Manoel de Barros. Entrada gratuita.
Traga a criançada toda!  :)

24 de agosto
Domingo – 11h
PAPOS POÉTICOS PARA INFÂNCIA E JUVENTUDE – Grupo Teca Teatro
$ entrada franca

E Fim de semana também é tempo de Barrinho, o Menino de Barro!

barrinho2

Vencedor do Prêmio Braskem de Teatro 2013 na Categoria Melhor Espetáculo Infanto-Juvenil, “BARRINHO, O MENINO DE BARRO” é baseado na Obra de Mabel Velloso. Brincando com o barro, um menino cria um boneco – Barrinho – que se torna o seu brinquedo mais querido. Em uma noite de lua cheia o menino deseja profundamente uma companhia, alguém com quem possa conversar, e então olha para o céu e pede um irmão. Nesse momento o boneco ganha vida e começa a falar. Barrinho fala sobre comportamentos humanos e faz reflexões importantes para o entendimento da criança sobre o mundo.

23 e 24 de agosto
Sábado e Domingo – 16h
BARRINHO, o menino de barro
R$ 30,00 (inteira) / R$ 15,00 (meia)

VivaVós volta ao Xisto!

Grupo Vivavós Foto BollyJP

Amanhã tem show do VivaVós aqui no Xisto! O grupo apresenta grandes sucessos da música brasileira de diferentes épocas, com sucessos do presente e clássicos famosos. Vai ser lindo, e não dá pra perder!

21 de Agosto
Quinta-feira – 20h
VIVAVÓS – NAS ONDAS DO RÁDIO
R$ 20,00 (inteira) / R$ 10,00 (meia)